Sucesso: Isabel Guerra

sucesso-isabel-guerra
0

BI Profissional
Contact Center(s)
: Teleperformance
Projeto(s): Zenimax
Função/Funções: Customer Service Representative e International Recruiter
Duração: 32 meses
Atualmente: International Recruiter na Teleperformance

BI Social
Naturalidade: Covilhã
Hobbie: ler e viajar
Clube: Benfica (mas pouco) selecção nacional  (mas só quando ganham) 🙂
Música: Marvin Gaye – Debussy e mais uns milhares 
Filme/Série: A vida é bela e Cinema paraíso 
Um prato:
Salada de polvo
Faz-me sorrir:
o meu gato Chronos e passear a pé por Lisboa


Que ideia tinhas de um contact center?
Confesso que péssima, lembro-me perfeitamente, que durante o decorrer da entrevista pensei “fico um mês e vou-me embora”, tinha tido uma curta experiência, antes de entrar na faculdade, num “muito mau exemplo” de call center, em que desisti passado pouco tempo, pensava que todos seriam mais ou menos como este primeiro.

Dia a dia no projeto?
Sabia que teria um telefone, chamadas de clientes e pouco mais, lembro-me que me sentia “um burro a olhar para um palácio”.

Ambiente de trabalho?
Foi incrível, pelos piores motivos pessoais, em  nada relacionados com o trabalho, descobri verdadeiros amigos, companheirismo, entre ajuda, espírito de equipa, diversão, era uma projecto enorme (mais de 300 pessoas) com 3 idiomas, na altura estava na equipa francesa mas o ambiente entre todos era excelente.

Progressão de carreira?
Mais um dos aspectos mencionados na entrevista sobre o qual duvidei muito, pensei que seria apenas um embelezar da empresa: a meritocracia.
Creio que tive um percurso atípico, dada a celeridade, mas acontece e eu sou a prova disso! Estive 3 meses num projecto de jogos para a empresa Zenimax e um dia a ACM do projecto perguntou-me se estaria interessada em juntar-me à equipa do recrutamento francês, seria supostamente, por um curto período, óbvio que disse que sim! Tive uma entrevista telefónica (não se tratasse de um contact center) com o actual director de RH, e comecei na semana seguinte.
Estive uns meses na equipa francesa, tendo mudado para a equipa multi-língua e agora faço parte da ROW (rest of the world).
Já passaram 2 anos e 4 meses e só posso dizer descobri uma das minhas paixões.

Afinal como é trabalhar num contact center?
Tudo é diferente ! Tinha uma ideia quase depressiva, convenhamos que a ideia geral é bastante depreciativa, ninguém diz que quer ser agente de Call center ou até mesmo que trabalha num CC, mas a infinidade de possibilidades dentro de um empresa bem organizada e profissional é muito vasta, não fazia ideia da multiplicidade de tarefas e departamentos que compõe a minha empresa.
Gostava, sinceramente, que todos os que iniciam esta função, pensassem que atender chamadas é tão importante como servir bem um cliente numa loja, seja de luxo ou uma pequena mercearia, num avião, num banco, etc., somos a voz da empresa e asseguro-vos que a satisfação do cliente não está apenas na resolução dos seus problemas, mas também no sorriso que se ouve do outro lado do telefone.
Tenho a sorte de fazer o que gosto todos os dias e de trabalhar com uma equipa extraordinária, muitos dos meus colegas de trabalho são também meus amigos.

Planos para o futuro?
Sei que quero continuar na área de RH, descobri a minha paixão, o contacto com as pessoas é extraordinário, tenho aprendido muito com os agentes que fui recrutando ao longos destes dois anos. Sei que o futuro passará sempre por aí : um meio de trabalho com um factor humano muito presente – seja para que posição for – se puder, é o que quero continuar a fazer.

Notícias relacionadas

  • Jan 1, 1970
    Testemunho: Paula Tavares

    BI Profissional Contact Center: Teleperformance Projetos: Deco, Cabovisão, Tranquilidade e Barclays Função/Funções: Vendas e Cobranças Duração: 9 anos BI Social Naturalidade: Setúbal..

    0 Ler mais
  • Jan 1, 1970
    Testemunho: Manuel Perez

    BI Profissional Contact Center(s): Teleperformance Projeto(s): Bouygues Telecom / Recrutamento Função/Funções: Customer Service Representative e International Recruiter Duração: 32 meses Atualmente:..

    0 Ler mais
  • Jan 1, 1970
    Testemunho: Paula Tavares

    BI Profissional Contact Center: Teleperformance Projetos: Deco, Cabovisão, Tranquilidade e Barclays Função/Funções: Vendas e Cobranças Duração: 9 anos BI Social Naturalidade: Setúbal..

    0 Ler mais
  • Jan 1, 1970
    Sucesso: Hugo Rodrigues

    BI Profissional Contact Center(s): Arvato Bertelsmann CRM Solutions/ Iberia & LATAM, tendo passado por outras empresas do sector como a..

    0 Ler mais
  • Jan 1, 1970
    Sucesso: Pedro Homero

    BI Profissional Contact Center(s): Sol Meliá, Ericsson, Teleperformance, Arvato Projeto(s): Sol Meliá, Ericsson, BlackBerry, Renault Função/Funções: CSR, Supervisor, Selection and..

    0 Ler mais
  • Jan 1, 1970
    Sucesso: António Alfacinha

    BI Profissional Contact Center(s): Teleperformance Portugal Projeto(s): Friser (Pescanova) – 1ª de dezenas Função/Funções: Vendas, Apoio ao cliente e coordenador..

    0 Ler mais
  • Jan 1, 1970
    “O contact center situa-se…

    20 anos a recrutar para contact center dá para escrever um livro. Pensando bem um livro não, uma enciclopédia. Ainda são..

    0 Ler mais